Pensando em abrir uma locadora de veículos? Não perca estas dicas!

Pensou em abrir uma locadora de veículos? Você já deve ter noção que a abertura de locadora de veículos exige um investimento inicial de alta envergadura.

Mas também tende a dar um retorno que costuma valer a pena para o empresário investidor.

Para ser bem-sucedido no ramo da locação de veículos é preciso muita cautela, planejamento e responsabilidade.

Afinal o que se está locando não é um produto inofensivo, que não oferece riscos e cuja manutenção – física e fiscal – seja barata.

Enquanto proprietários dos nossos carros, todos nós sabemos como apenas um veículo nos causa transtornos, exigindo manutenção periódica e o pagamento de grande carga de impostos.

Agora imagine uma locadora que possui uma frota de 50 veículos?

De fato, todas as responsabilidades são multiplicadas. Mas nada disso é motivo para desistir dessa ideia.

Com algumas dicas práticas e específicas desse ramo, você verá que é possível abrir uma locadora de veículos e, sobretudo, fazê-la prosperar.

Acompanhe com a gente!

Plano de negócios

Elaborar um Plano de Negócios é o primeiro passo para o início de qualquer empreendimento. Para a abertura de locadoras é o mesmo!

Para montar o seu, você precisará de um contador, que irá orientá-lo de acordo com o capital inicial de que você dispõe e de acordo com os gastos previstos para colocar a locadora em funcionamento.

Ele fará as contas dos gastos fixos, dos impostos, dos juros sobre os financiamentos para a compra dos veículos.

Tendo isso como base, no qual deverá ser a sua meta mensal de arrecadação.

Jamais dispense os serviços de um analista financeiro ou contador, tendo em vista os altos investimentos que uma locadora de veículos precisa fazer.

O investimento inicial gira em torno de 100 a 300 mil reais.

Ou seja, é necessário mesmo muito planejamento!

E caso haja interesse em abertura de franquias, o investimento costuma ultrapassar a casa do 1 milhão, para mais.

Impostos e gastos legais

Com certeza o seu contador irá orientá-lo sobre isso, mas já adiantaremos por aqui.

Os impostos a serem pagos por sua locadora de veículos são:
PIS – Programa de Integração Social, COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social,
ISS – Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (caso o carro alugado seja com motorista),
IPI – Imposto Sobre Produtos Industrializados,
ICMS – Impostos Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – embutidos na compra dos veículos,
IPVA – Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores – anual e o seguro de cada um dos carros.

Ainda têm as eventuais multas cometidas pelos usuários, apesar de que, atualmente, as locadoras se previnem quanto a isso, transferindo os pagamentos e demais responsabilidades para os clientes, através do contrato de locação.

Documentos necessários para abrir uma locadora

Aqui estão os principais documentos para abrir uma locadora de veículos:

  1. CNPJ;
  2. Cópia autenticada do RG e CPF;
  3. Folha espelho do IRPF;
  4. IPTU do imóvel;
  5. Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  6. Alvará de funcionamento;
  7. Entre outros documentos do município que a locadora está situada

Área grande de estacionamento

Toda locadora de veículos precisa de uma área grande para estacionamento, na qual os veículos deverão ficar seguros e mantidos em boas condições.

De preferência, a área deverá ser coberta, para que eles se protejam de chuvas de granizo e outras intempéries danosas.

Equipe necessária

O número de mecânicos contratados dependerá do número de carros da frota, mas tenha ao menos um mecânico de confiança e que seja de dedicação exclusiva da locadora.

Será necessário fazer manutenções preventivas periodicamente nos carros, mas sem ultrapassar o tempo de vida útil dos veículos de uma locadora.

Além do mecânico é necessário, no mínimo, um lavador de carro contratado, um atendente para realizar a locações e um motorista que irá retirar os carros do estacionamento e leva-los até os clientes.

Localização

A melhor localização para um balcão de atendimento de uma locadora de veículos é, sem dúvida, dentro ou próximo dos aeroportos das principais cidades brasileiras.

Isso porque, o público que busca esse tipo de serviço está relacionado ao turismo de lazer ou de negócios.

São turistas que chegam a determinada cidade e querem alugar um carro para realizar passeios mais livres e conhecer a região.

Ou então, são empresários que deixam seus próprios veículos em sua cidade, mas que desejam se locomover com independência na cidade onde farão reuniões.

Ou seja, o público majoritário se encontra nos aeroportos, mas se não for possível ter um balcão dentro desse local, que é bastante custoso, tenha um espaço de atendimento central.

Dessa forma, você também atenderá outro público: pessoas, cujo o carro está em manutenção e que não deseja andar a pé ou de ônibus.

Também pessoas que têm carteira mas não têm carro e deseja fazer turismo local, passear com a família e amigos.

Parcerias

As parcerias são sempre um modo de conseguir mais clientes e de fazer parte de uma rede mais ampla que beneficie a todos.

Através de um convênio com empresas de turismo, estas podem oferecer, em seus pacotes, a opção de locação de veículos.

Mesmo que muitos clientes não queiram essa opção, a sua marca passará a ser vista e estará agregada a outra empresa que possui um público cativo.

Além de tudo, temos as empresas que terceirizam suas frotas, o que pode ajudar bastante na receita da locadora.

Então, essas dicas esclareceram alguns pontos para você que deseja abrir uma locadora de veículos?

A VERS Contabilidade para Locadoras de Veículos pode te ajudar na abertura da sua locadora!

Entre em contato com a gente!

contabilidade para locadoras

Postado em EmpreendedorismoTagged