Mobilidade sustentável no mercado de locadoras de veículos

Em primeiro lugar, a tendência do mercado de mobilidade tem buscado uma locomoção cada vez mais sustentável. Tendo em mente que é um desafio energético e ambiental que ajudará a melhorar a saúde social, econômica e os transportes nas cidades.  

Sendo assim, algumas locadoras estão colocando seu capital em aluguel de veículos sustentáveis como por exemplo: bikes, carros elétricos e autônomos. 

Entretanto muitas pessoas ficam em dúvida em relação ao valor solicitado em optar por essa escolha de mobilidade, nos tempos de hoje, analisando a inflação na economia. 

O impacto da inflação no mercado automobilístico 
 

Em primeiro lugar, em 2021, a alta inflação tem preocupado o brasileiro. Devido a pandemia, a oscilação de preços tem impactado a economia do país, provocando reajuste em todos os impostos e produtos do mercado. 

Desse modo, de acordo com a Agência Brasil hoje a projeção da inflação elevou para 8,51%, eventualmente o preço de combustíveis estão acompanhando este crescimento.  

Um exemplo desta sazonalidade são os preços da gasolina, que tem gerado descontentamento na sociedade, com os valores variando e chegando a alguns estados à R$7,19 conforme o canal do R7

Portanto, o investimento em carros com uma tecnologia voltada a sustentabilidade, pode ser a solução para poupar dinheiro e preservar o meio ambiente. 

Veja algumas vantagens ao escolher de um transporte sustentável 
 

Em primeiro lugar, a análise do atual momento econômico brasileiro, é interessante poder ter opções que futuramente serão a ascensão ecológica, sustentável e econômica, como os carros elétricos e autônomos. 

Portanto, a opção por carros elétricos estimula a sustentabilidade urbana, baseada nos seus benefícios. Veja abaixo quais são seus prós: 

  1. Ajudam no meio ambiente diminuindo boa parte da emissão de gases poluentes e também na poluição sonora de motores barulhentos; 
     
  1. Tem um alto desempenho e menor complexidade do sistema mecânico, já que em carros elétricos a energia do motor está conectada às rodas; 
     
  1. Mais escolhas de carregamento e baterias menores o que a facilidade em plugins será cada vez maior; 
     
  1. A velocidade do desenvolvimento das baterias é mais rápida. Elas suportam muito mais energia no seu armazenamento; 
     
  1. Integração com outras tecnologias como Inteligências Artificiais, carros autônomos e muito mais. 

Carros autônomo vieram para ficar  

Em primeiro lugar, diversos modelos de carros autônomos foram lançados no ano de 2021 pela marca Tesla e alguns desses automóveis, já estão disponíveis no mercado automobilístico. Outras marcas como Ford, Honda e GM não ficaram para trás e estão desenvolvendo seus veículos com inteligência artificial. 

Ou seja, Os carros de Inteligência Artificial dependem de uma tecnologia avançada e outros componentes como sensores e sinalizadores para um funcionamento perfeito. 

Portanto, para realizar um auto condução segura, o carro deve ter um nível de tecnologia implementado que interfere na autonomia do veículo. No total são 5 níveis: 

  • 1º Nível – Assistência ao motorista: Esse tipo de tecnologia já está presente no mercado. Está relacionada a ajustes para uma direção mais segura como controle de velocidade e a estabilidade de direção do volante; 
     
  • 2º Nível – Automação parcial: Presente em carros como Volvo XC60 e modelos da Tesla, essa tecnologia permite o controle automático de pedais sem interferência humana; 
     
  • 3º Nível – Automação condicional: Além de controlar os pedais, o carro consegue tomar decisões de direção por meio de sensores o que permite maior autonomia do veículo; 
     
  • 4º Nível – Alta automação: Neste nível, o carro já consegue tomar quase todas as decisões, solicitando a ajuda do motorista somente quando necessário. O condutor já pode ficar despreocupado quanto a direção; 
     
  • 5º Nível – Automação plena: Sendo o último nível, o carro já consegue tomar todas as decisões sozinho, identificar situações de perigo e reagir a esses cenários. Tudo sem precisar de nenhum tipo de interferência humana. 

Carbono zero no Brasil 

Em conclusão, um exemplo no Brasil de projetos em andamento de mobilidade sustentável, vem do projeto Noronha Zero Carbono. Em parceria com o Instituto Renaut, o plano é que a ilha tenha 100% de seus veículos elétricos. 

Portanto, o objetivo deste projeto é que não tenha nenhum automóvel movido a combustível fóssil até 2030 na Ilha de Fernando de Noronha. O arquipélago já vem trabalhando com a geração de energia limpa e renovável, disponibilizando um sistema público completo de recarga solar. 

Esta movimentação que iniciou em Noronha é o retrato do que vem acontecendo no mundo e que em um futuro próximo que deve acontecer em todo o país, a fim de cuidar do meio ambiente de maneira consciente, proporcionando qualidade de vida para a sociedade. 

Postado em Sem categoria