Como reduzir o índice de fraudes nas locadoras de veículos

No Brasil, tornou- se comum a existência de golpes e fraudes, sendo aplicados dos mais diversos tipos e nas mais diversas áreas, como fraudes nas locadoras de veículo.  

No setor de locação, as locadoras de veículos também passam por situações como essa, que trazem grandes prejuízos para um negócio e seus ativos. 

Mas o que pode ser feito para evitar que episódios como esses continuem acontecendo?

Continue a leitura e entenda esse cenário e quais soluções estão disponíveis no mercado e que podem ajudar na segurança dos ativos da sua locadora.   

A fraude nas locadoras de veículos é algo constante 

No Brasil, um dos grandes problemas que as locadoras de veículos enfrentam são os casos de fraude e de apropriação indébita. 

Como crime previsto no Código Penal Brasileiro, ele consiste na apoderação de coisa alheia móvel, sem a autorização do proprietário. 

Por isso, assegurar a preservação dos veículos nas mãos dos clientes é um grande obstáculo para as locadoras que estão no mercado. 

Ainda, durante anos essas mesmas empresas estão sendo vítimas de golpes das mais diversas espécies. 

Desde falsos clientes que alugam os veículos e não devolvem, também há aqueles que vendem os ativos posteriormente. 

Outra situação também muito observada é o uso dos veículos alugados para a prática de crimes dos mais diversos tamanhos.

De acordo com algumas estimativas da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), cerca de 9 mil veículos passaram pela apropriação em 2018.

Vale lembrar que esse número corresponde entre 1% e 2% da frota total do setor no país. 

Com índices tão altos como o citado acima, reduzir esse tipo de risco é essencial para qualquer locadora de veículos. 

Diante dessa situação, o mercado desenvolveu uma inteligência que analisa de forma prévia o perfil de possíveis clientes.

Dessa forma é possível ver de forma predisposta se existe a intenção de fraude do veículo após a sua locação. 

A busca de solução para as fraudes que acontecem nesse setor

Uma das grandes players do mercado no Brasil participou de um cenário onde as fraudes como os seus principais ativos não paravam de crescer. 

Esse ato ocorria justamente quando um “cliente” alugava um veículo e não devolvia na data determinada pelo contrato.

Ainda, vale lembrar que quando isso acontece, o prejuízo para uma locadora de veículos é de cerca de R$40 mil reais. 

Com isso, a locadora observou a primordialidade em se buscar no mercado um aliado que pudesse ajudar na identificação de um possível perfil fraudador, e como reconhecer um bom cliente. 

Seu principal objetivo era expandir a receita através da aprovação eficiente dos clientes ideais, sem desperdiçar os bons perfis, é claro. 

Dessa forma a redução do risco aconteceria ao bloquear a entrada de diferentes tipos de fraudadores.

Afinal, o que pode ser feito pelas locadoras? 

Atualmente é comum que as locadoras de veículos tenham suas políticas internas atualizadas de acordo com a necessidade de cada uma delas. 

Por isso, uma possível política a ser inserida para quem passa por fraudes frequentes, é validar os antecedentes criminais. 

Essa pode ser uma condição para que o veículo em questão seja liberado para a locação. 

Ainda, a consulta pode ser feita de forma manual, o que pode levar mais tempo de resposta para o cliente, ou pode ser realizada através de integrações tecnológicas. 

Como mencionado anteriormente, hoje existem tecnologias que ajudam a identificar perfis e alertas para possíveis fraudes antes mesmo de uma locação ser aprovada. 

Dessa forma, ao alugar um veículo, o usuário passa seus dados pessoais para validação e a tecnologia também pode analisar processos judiciais, por exemplo. 

Outra ação que pode ser tomada é realizar a higienização da base de clientes já existente, fazendo o seu monitoramento através de uma análise mais profunda.

Dessa maneira, em situações onde um perfil de fraudador é encontrado, a clonagem desse perfil pode ser feita.

Assim é possível identificar as características das pessoas ou até mesmo de empresas que seguem um mesmo padrão.

Por fim, saiba que a utilização de tecnologias para evitar prejuízos como a fraude é uma ação crescente no setor de locação e que evita desperdícios financeiros.

Saiba que o uso de dados para dar suporte na gestão de negócios é cada vez mais importante nas mais diversas áreas do mercado. 

Na prática, quais resultados essas ações podem trazer? 

Para uma das grandes locadoras de veículos do mercado, as alternativas mencionadas acima representaram uma economia de R$6,7 milhões. 

Além disso, automatizar o processo ajudou a liberar colaboradores da locadora para se dedicarem a outros projetos da mesma. 

A redução de custo e risco foi gigantesca e trouxe diversos benefícios e bons resultados para o negócio. 

Um deles foi o aumento da confiança dos clientes no trabalho na locadora, além da satisfação e redução de reprovação inadequada.  

E com a automação do processo de consulta, houve o aumento de produtividade. 

Agora você já sabe o que fazer para evitar que sua locadora passe por fraudes e perca grande parte da receita.

Para tomar decisões mais assertivas e com segurança para o seu negócio, não deixe de falar com um de nossos experts.

A Vers é especialista no mercado de mobilidade e pode ajudar você com soluções objetivas e seguras. 
Clique aqui e saiba mais.

Postado em Sem categoria