Boa fase no setor de aluguel de carros em 2021 no Brasil

Assim como em diversas áreas, o aluguel de carros no Brasil também sofreu com a chegada da Covid-19. 

Não foi difícil notar que o número de pessoas nas ruas diminuiu drasticamente, assim como os veículos. 

E apesar de ainda estarmos enfrentando uma pandemia, o mercado tem dado bons sinais comparados ao ano de 2020 sobre diversos segmentos de mercado.

Nesse sentido, as locadoras de veículos estão muito bem inclusas e crescendo ainda mais com as diversas oportunidades que estão surgindo no mercado.

Acompanhe neste conteúdo a boa fase no setor de aluguel de carros em 2021 e tudo o que ela está possibilitando. 

Como ficaram as locadoras de veículos com a pandemia no ano de 2020?

Diante disso, com a confirmação do coronavírus no Brasil em março de 2020, as cidades de todo o país passaram a ficar desertas. 

Segundo o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) em parceria com o Waze, a circulação de carros nas grandes cidades caiu mais de 70% no mês de março. 

O impacto no setor de aluguel de carros foi significante e, apesar disso, a partir de junho do mesmo ano, as medidas foram flexibilizadas e as locadoras conseguiram ver seus usuários ressurgirem.

Dessa forma a possibilidade de pequenas viagens, as pessoas voltaram a alugar carros e, nos últimos meses do ano, chegaram a alugar mais de 80% das frotas das maiores locadoras do país.

O número foi superior ao período da pré-pandemia, onde esse número aumentou nos finais de semana, nos feriados, e também na duração do aluguel. 

A recuperação desse mercado foi tão grande e forte que muitas locadoras tiveram dificuldade para repor suas frotas.

Dessa forma, novos veículos foram solicitados às locadoras e, consequentemente, às montadoras, mesmo com a pandemia afetando a produção dos mesmos, já que muitas peças são importadas.

Como está o setor de aluguel de carros em 2021? 

Grandes empresas como a Localiza receberam grandes resultados que não estavam sendo esperados, como o lucro líquido recorde de R$401,8 milhões.

Com isso, os mesmos dados estão comprovando que as locadoras de veículos estão e continuarão em uma boa fase em 2021.

Além do alto lucro, uma das maiores locadoras do país compartilhou no quarto trimestre o crescimento anual de 19,5% no Ebitda. 

Esse resultado é favorecido pelo aumento de 15,7% no preço médio de venda, o que compensou a queda de 2,2% da receita líquida

Outro ponto positivo foi a divulgação do novo CEO da empresa, Bruno Lasansky.

Por fim, a fusão da Localiza com a Unidas é uma ação muito assertiva, uma vez que a possibilidade de combinação de negócios entre as duas locadoras é vantajosa.

Como o setor ficará após a pandemia? 

Estamos vendo que o setor de aluguel de carros no Brasil vem se recuperando bem mais rápido que em outras áreas.

Além disso, ele está se transformando em uma tendência do chamado “novo normal”. 

Dessa forma, outras modalidades estão surgindo e ganhando espaço no mercado com a ajuda da pandemia, como o aluguel de carro por assinatura

Com a possibilidade e com as vantagens que essa modalidade vem oferecendo, e devido a questão econômica com relação a aquisição de um carro novo, a grande tendência é a primeira opção.  

Neste cenário, o mercado de locadoras de veículos está otimista com essa grande retomada.

Agora você está por dentro de como o mercado de locadoras de veículos se saiu no último ano e como ele está se recuperando em 2021.

Para ajudar a alavancar o seu negócio durante esse período conturbado e após ele, conte com a Vers.Somos especializados em ajudar no crescimento de locadoras. Clique aqui e fale agora mesmo com um de nossos consultores!

Postado em Sem categoria