Saiba mais sobre a gestão de frotas

Uma das operações mais importantes, no que tange a administração de uma locadora de veículos, é a gestão de suas frotas, principalmente em sua contabilidade.

A terceirização de frotas já é uma realidade entre empresas que desejam reduzir seus gastos, pois, ao invés de realizarem a aquisição dos próprios veículos e ainda ocasionar custos desnecessários, as instituições tendem a focar mais em seu negócio principal, além de dispor de todo gerenciamento dos carros que será necessário para exercer bem suas atividades.

 

Por que a gestão das frotas é necessária?

As agências de locação de automóveis precisam focar em realizar a organização e manutenção de suas frotas para alcançarem resultados melhores, em todos os âmbitos.

Com a gestão eficaz, as locadoras terão maior controle de tudo o que acerca as locações, desde a disponibilidade dos veículos e seus abastecimentos, até a análise da rentabilidade de cada um deles.

Geralmente todo o controle é feito através de sistemas informatizados – softwares – e dão a possibilidade de administrar seus veículos de maneira simples, efetiva e muitas vezes de forma remota.

Pode ser decisivo para o negócio ter a possibilidade em contar com alguma ferramenta de gestão de frotas, pois assim terá o monitoramento preciso de tudo.

Administrando suas frotas, terão mais vantagem competitiva, pois, além de assegurar o acesso mais preciso aos seus gastos e, consequentemente, garantir o controle desses, também pode diminuir a chance de sofrer com problemas mecânicos.

Será importante não só o monitoramento da frota, mas também o treinamento da equipe designada para tal serviço, pelo fato de que só assim haverá o domínio das métricas importantes a serem feitas.

As multas também devem ser controladas através da gestão. Tendo a posse das informações sobre o prazo de pagamento, valores, e demais fatores que envolvam as ocorrências, inclusive para recorrer.

LEIA  Conheça 5 aplicativos mobile para motoristas

Principais melhorias ao usar eficientemente a gestão de frotas:

  • Reduzir custos de manutenção;
  • Melhora na qualidade do serviço ofertado;
  • Controle de localização dos veículos;
  • Controle de combustíveis;
  • Reduzir acidentes;
  • Maior análise de informações;
  • Atendimento mais personalizado;
  • Gestão da disponibilidade da frota;
  • Controle na documentação dos veículos;
  • Controle das infrações de trânsito;

Além das possíveis melhorias já citadas, as locadoras precisam utilizar exemplos práticos de empresas que já fazem o uso – com sucesso – da gestão das frotas.

Podemos citar alguns exemplos de softwares mais usados para auxílio na gestão dos veículos como o Carrorama e Carango, além de vários outros.

 

Política de Gestão de Frotas

É indispensável que as empresas locadoras de veículos elaborem uma política de gestão de frotas, pois será através dela que haverá uma padronização dos processos.

Esta política de gestão de frotas deve contemplar a melhoria no que se refere ao controle operacional da própria gestão dos veículos.

Com a política firmada, a gestão passa a ser bem mais estratégica e deverá ser utilizada para estabelecer certas regras, assim, beneficiando os usuários da frota, tanto quanto a própria instituição.

É importante também ser utilizado o bechmarking, que consiste, basicamente, em avaliar a concorrência e usar de seus pontos positivos e negativos para constituição ou melhoria de suas práticas.

Contudo, este documento necessita de objetividade e clareza, para que todos possam ter o acesso fácil e de bom entendimento.

 

assinatura-pedro-locadoras

 

 

 

 

Postado em AdministrativoTagged