Saiba da importância da gestão fiscal para sua empresa

Você sabe qual é o regime tributário mais adequado para sua empresa? A contabilidade é feita de forma correta? O recolhimento do regime tributário escolhido está sendo feito de forma atenciosa, evitando prejuízos para a instituição?

O post de hoje será dedicado para auxiliar o empreendedor (a) neste tipo de questões, ajudando a entender a importância em realizar um melhor gerenciamento da parte fiscal de sua empresa.

 

Brasil e sua alta carga tributária

O Brasil possui uma pesada carga tributária, sendo uma das maiores de todo o mundo, além de ser a maior da América do Sul, segundo a OCDE (Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico). Confira uma reportagem sobre o assunto.

O país ainda despende do equivalente a um terço do PIB (Produto Interno Bruto) para pagar impostos, taxas e contribuições.

Em média, as empresas costumam economizar até mais de 50% por conta de possíveis gastos equivocados com tributos, quando realizam o planejamento tributário, assim se enquadrando no regime tributário mais pertinente, tanto ao porte, quanto ao faturamento do negócio.

Portanto, as empresas que não realizam o planejamento tributário de forma correta tendem a fecharem suas portas com mais facilidade, pois se o planejamento for mal feito, pode consumir boa parte do faturamento.

 

O que é a gestão fiscal e qual a sua importância?

A gestão fiscal nada mais é do que o gerenciamento da parte tributária da empresa.

As organizações podem se enquadrar em um dos vários tipos de regimes tributários e, deverão realizar a análise contábil mais precisa possível para que haja o controle e acompanhamento do recolhimento dos tributos, assim moldando um planejamento tributário mais assertivo e adequado.

Os regimes tributários poderão ser o Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, sendo cada um deles adaptado a cada tipo de empreendimento visando, principalmente, a receita brutal anual (ou em 12 meses).

LEIA  Consultoria tributária para locadora de veículos – Saiba como podemos te ajudar!

Como já mencionado, poder dispor de uma boa gestão fiscal, junto a um planejamento tributário mais apropriado e assertivo, faz com que a instituição saia à frente e se torne mais competitiva.

Dessa forma, possivelmente, haverá a redução considerável de custos e como consequência, a rentabilidade poderá ser maior.

Outro fator de suma importância para obter maior êxito no processo do planejamento tributário é conhecer toda a legalização fiscal do país, Estados e seus respectivos municípios, pois, desta forma, a empresa irá operar de acordo com as normas legais, utilizando apenas de alternativas lícitas para tal.

É possível ainda que, com a redução dos custos ocasionada pelo planejamento tributário, existe a possibilidade de usar o referido recurso para aplicar em outras áreas da instituição.

 

Quem é o responsável pela gestão fiscal?

O contador é quem deverá ser o incumbido da tarefa de realizar a gestão dos fiscos de determinada empresa.

Ele será o profissional mais adequado para o tipo de serviço, pois é o especialista capaz de analisar de forma precisa todos os dados contábeis coletados, e, através desses, poder concluir sobre o melhor regime tributário a se enquadrar e de quais as possibilidades na redução de custos no que tange os recolhimentos.

Nesse contexto, é importante que sua empresa possa dispor de um bom contador ou mesmo um escritório de contabilidade, para que todo processo financeiro, além da área tributária sejam minuciosamente analisados.

A VERS Contabilidade para Locadoras de Veículos pode auxiliar sua empresa: atuamos com o melhor serviço contábil e fiscal, com sólida experiência de mercado e profissionais extremamente qualificados.

Com a VERS, sua empresa pode focar em suas principais atividades e crescer, deixando conosco toda a parte financeira e burocrática.

LEIA  95% das locadoras pagam mais impostos que deveriam

Confira nossos planos e entre em contato com a gente!

assinatura-pedro-locadoras

 

 

 

Postado em FiscalTagged