Dicas para uma boa gestão de frota de veículos

Além de ser algo complexo e de alto custo, abrir uma locadora de veículos requer bastante conhecimento sobre veículos e sobre a gestão geral de suas frotas, não é mesmo?

Apesar do setor de locação estar saudável, economicamente falando, muitas locadoras falham em seus processos de aquisição e manutenção de suas frotas, o que acarreta até mesmo a falência, em alguns casos.

Em outros, prejuízos grandes e desnecessários.

É preciso que se atente a questões como: o custo geral de manutenção, os combustíveis, a depreciação dos veículos, dentre outras.

Para sair à frente no mercado, oferecer o serviço de locação de veículos aliado à gestão correta das frotas será um diferencial, tanto economicamente quanto operacionalmente falando.

Neste artigo iremos fala um pouco sobre como utilizar certas práticas essenciais para melhorar os resultados de uma locadora de carros.

 

O que é Gestão de Frotas?

Você que tem um único carro sabe o quanto é complicado mantê-lo em dia. Imagine uma frota inteira!

aluguel-de-veículos

A gestão de frotas, à grosso modo, nada mais é do que a administração e controle de todos os elementos que envolvem um veículo: combustível, prevenção mecânica, vistorias constantes, controle de multas e impostos, parcelas e muitos outros.

Com ela é possível reduzir custos, preservar os veículos e a própria locadora, além de te dar o controle quase absoluto de tudo o envolve a frota.

Como fazer a gestão de frotas eficiente?

É importante ter a demanda bem mensurada para atende-la com primazia, suprindo suas necessidades e ainda oferecendo diferenciais.

carro_parabrisa

Ter os dados de quais são os equipamentos mais desejados e necessitados, como o ar-condicionado, blindagem, teto-solar, câmbio manual ou automático, dentre outros, é essencial.

LEIA  Saiba mais sobre a gestão de frotas

Os veículos completos e blindados, por exemplo, costumam ter seu valor de aluguel mais alto, por, obviamente, oferecer maiores benefícios, mas nem sempre a sua locadora irá demandar automóveis com tais características.

Trabalhar com único fabricante também pode ser mais econômico, por mais que essa estratégia influencie em clientes que não gostam de determinadas marcas.

Usando softwares para gestão de frotas

Para ter a boa gestão da frota é preciso controla-la de forma precisa e, para isso, nada melhor do que ferramentas práticas.

Os softwares de gestão de frotas é uma excelente saída para manter sob monitoramento de todos os aspectos pertinentes aos veículos.

É possível gerenciar o combustível, a localização, as manutenções preventivas e corretivas necessárias, além de várias outras coisas.

São programas que auxiliam fortemente para analisar e tomar decisões referente à frota, por isso é tão importante, tanto estrategicamente, quanto operacionalmente, além de ser extremamente indispensável para a manutenção.

Atentando-se aos contratos de locação

É absolutamente indispensável manter atenção redobrada no desenvolvimento dos contratos para prestação do serviço de locação.

Fatores como valores por diária ou quilometragem rodada, período de locação, seguro dos veículos, pagamento ou isenção de taxas, além de outros, são muito importantes.

O contrato deve ser amplo, de preferência, para integrar todo o serviço, desde a documentação seguramente necessária, até a entrega das chaves, pelo locatário.

O contrato bem desenvolvido é essencial para prevenir danos financeiros à locadora e, tendo a contabilidade como aliada, o locador conseguirá prever o que poderá influenciar negativamente o negócio.

Como é o caso da depreciação da frota, que já deve estar inserida na cobrança do aluguel.

LEIA  4 dicas para aumentar o número de clientes de sua locadora

Depreciando a frota de veículos

Os automóveis são parte do ativo imobilizado da locadora, que por sua vez, são bens tangíveis e necessários para a execução da atividade.

E esses automóveis vão se desgastando com o tempo, seja fisicamente falando ou na preferência dos consumidores, por qualquer motivo que seja.

carro-desvalorizado

A contabilidade será um gigante aliado para o bom gerenciamento da frota, até por quê uma locadora carece de alto investimento capital e necessita de controle rígido para “não sair dos trilhos”.

A depreciação dos veículos, que trata-se de uma forma de calcular o desgaste do bem móvel de forma contábil e, quando administrado corretamente pode influenciar positivamente na receita da locadora.

Nesse contexto, depreciar a frota é importante para ter em mente a vida útil dos veículos, assim podendo prever e corrigir a obsolescência dos automóveis e outros fatores temporais.

Enfim, o setor de locação de veículos está saudável, economicamente falando – como já disse, mas uma locadora que não sabe gerenciar sua frota de forma eficaz, não se previne e fica à mercê de sofrer prejuízos totalmente desnecessários.

Aproveite para complementar seu estudo com um artigo nosso sobre erros a serem evitados na gestão de frotas.

E o artigo te ajudou de alguma forma? Compartilhe o seu conhecimento conosco e comente!

Postado em EstratégiaTagged , , , , , ,