4 dicas importantes sobre a contabilidade para locadoras de veículos

A contabilidade é um serviço extremamente importante para qualquer locadora.

Quando bem gerida, a contabilidade é capaz melhorar todos os processos da empresa, como resultado da redução de custos que ela proporciona.

Se a mesma for especializada no segmento, melhor ainda, pois entenderá profundamente o mercado, como é o caso da VERS Contabilidade para Locadora de Veículos.

Portanto é importante que conhecer algumas dicas importantes sobre a parte contábil, tributária e fiscal do negócio, para que consiga operar todos os setores tranquilamente.

No artigo iremos abordar 4 dessas dicas, que servirão de auxílio estratégico e operacional para qualquer tipo de locadora.

Vamos lá!

 

Contrate uma contabilidade especializada

Não é segredo algum que a contabilidade especializada no ramo de aluguel de veículos é essencial para uma locadora melhorar os seus resultados.

Questões que serão tratados mais adiante como, depreciação do ativo imobilizado, governança tributária, gestão de frotas e outros, são detalhes que não passarão despercebidos.

Ser acompanhado por profissionais de contabilidade que têm o know-how do segmento e que está sempre atualizada com as normas e leis, possibilita ao locador agir mais em prol do negócio.

O controle do patrimônio, que é a essência da contabilidade, é indispensável para qualquer empresa, mas para uma locadora, negócio que exige um alto custo de operação, é mais ainda!

Quando especializada, a contabilidade para locadoras de veículos oferece suporte desde o início de tudo, à partir da legalização e estruturação societária, até mesmo em sua baixa, para apurar os dados contábeis e encerrar as atividades corretamente, sem acumular dívidas.

LEIA  Qual sócio vai ficar com a maior parte do bolo? - Como tratar de igual para igual a tributação brasileira

É fundamental que a locadora tenha toda a assessoria contábil, fiscal e tributária, para administrar as suas operações com perícia e à ponto de otimizar todo o negócio.

 

Faça a gestão das frotas de forma atenta e bem planejada

Os veículos são o alicerce das locadoras, obviamente. Portanto precisam de receber toda atenção necessária para a sua boa gestão das frotas.

As locadoras sempre precisam atualizar as frotas de veículos, afinal, os mesmos vão se desvalorizando com o tempo, em razão da depreciação e, por isso, precisam estar bem administrados para não ter problemas desnecessários.

A aquisição de novas frotas é essencial para as locadoras continuarem operando com qualidade, por isso a necessidade de se atentar à contabilidade especializada, pois ela irá oferecer as melhores táticas para uma boa compra.

carross

A periodicidade das manutenções preventivas e corretivas dos veículos são também fatores preponderantes para gerir a locadora com maior equilíbrio.

 

Atenção à depreciação do Ativo Imobilizado

O Ativo Imobilizado da empresa é tudo aquilo que é tangível e necessário para a operação da empresa, sendo que deve ser um bem que possa ser utilizado por um ano ou mais.

Além disso, configura no Ativo Imobilizado qualquer recurso aplicado ou já destinados à aquisição de bens tangíveis, como em uma construção, por exemplo.

Na teoria, tudo se desvaloriza com o tempo e, perante a lei, as locadoras precisam registrar a desvalorização de seus bens pelo desgaste ou perda de utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência.

desvalorizacao-carro

E é importante que a depreciação seja bem executada, pois ao final das contas, será um valor restituído no Imposto de Renda.

 

Governança tributária

A alta carga tributária aplicada no Brasil faz com que as empresas tenham que se preocupar com o recolhimento dos impostos e sobre o quanto a desatenção com esses pode impactar na lucratividade.

LEIA  Dicas para uma boa gestão de frota de veículos

O planejamento tributário é um conceito que permite o controle das obrigações acessórias, reduzindo o risco fiscal.

As empresas que não o praticam, acabam pagando mais tributos por não se apoiar corretamente no sistema tributário e à legislação.

Ou seja, com a governança tributária, as locadoras agirão dentro da lei, além de poderem reduzir consideravelmente os gastos indevidos.

 

E aí?! Ficou alguma dúvida ou deseja contribuir com alguma informação? Comente!

Postado em Contabilidade, EstratégiaTagged , , , , ,